sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Neblinas

Nos meus sonhos vejo voce envolto a neblina.
Grito seu nome..
Sei que voce está ali.
Percebo que você não se move,
Tento alcançá-lo.
E sempre que chego perto,
Como um arco-íris você se afasta um pouco mais.
Sigo dando voltas em meio as brumas.
Grito novamente seu nome.
Dessa vez não vejo mais nada
Estou só, sei que estou só.
Sua presença, já não sinto mais.
Com a esperança de que você alcance meu chamado
Grito com toda força
E o que ouço é só silencio.

Um comentário:

Nuvembranca disse...

Linda poesia e Blogger. Parabéns.